Adorável sobremesa!

Nada melhor para fechar com chave de ouro uma refeição do que uma deliciosa sobremesa, não é mesmo?

Creme de caramelo com bolinho de chuva servido no Prato de Entrada.

Creme de caramelo com bolinho de chuva servido no Prato de Entrada.

A esmagadora maioria dos sites de culinária afirma que o hábito de comer a sobremesa no final das refeições surgiu na Europa nos anos de 1500 com a italiana Catarina de Médicis. Até então, os pratos eram servidos ao mesmo tempo. A abundância gastronômica era uma demonstração de riqueza e, por isso, legumes, carnes, pães, queijos, frutas e tortas eram colocados à mesa para serem apreciados de acordo com a vontade dos convidados. Até que a pequena Catarina, de apenas 14 anos, desembarcou na França para se casar com o futuro rei, Henrique II. A moça, filha de um banqueiro, trouxe consigo suas boas maneiras, suas receitas e uma penca de cozinheiros italianos. Graças a ela, as mulheres passaram a ser aceitas em grandes banquetes, as mãos começaram a ser lavadas antes das refeições, o uso do garfo virou um símbolo da nobreza e as sobremesas viraram encerramento. Catarina revolucionou a cozinha francesa e muitos dos hábitos e também dos pratos que temos hoje foram disseminados por ela e seus cozinheiros italianos.

Sorvete com calda servido na Taça de Sobremesa Soleil. Especula-se que o sorvete tenha sido um dos doces introduzidos na culinária francesa pelos cozinheiros de Catarina.

Sorvete com calda servido na Taça de Sobremesa Soleil. Especula-se que o sorvete tenha sido um dos doces introduzidos na culinária francesa pelos cozinheiros de Catarina.

E aí, deu água na boca? Bateu aquela vontade de um doce? Que tal correr para nosso blog parceiro, o Na minha panela? As receitas são de dar água na boca! E na hora de servir, aposte no charme das peças Oxford! Confere lá na nossa Loja Virtual. 😉

Bolinho de fubá com ganache servido no prato de sobremesa Flamingo Joia Brasileira.

Bolinho de fubá com ganache servido no prato de sobremesa Flamingo Joia Brasileira.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentar com facebook